MESTRE BONSAI

Paciência é quando respiramos com o mesmo ritmo do bonsai.

  • FOTOS / Pictures

    Canais/Channels

  • Canal Mestre Bonsai no Youtube



  • It is a lame translation, but it is a translation :-)

  • Mestre Bonsai no Instagram
  • Grupo Mestre Bonsai Portugal no WhatsApp

  • Procurar no site: Mestre Bonsai

  • Coloque o seu email para passar a receber uma notificação por email sempre que houverem alterações.

    Junte-se a 3.167 outros seguidores

  • Blog Stats

    • 770,580 _ Desde 10/2010
  • Novembro 2010
    S T Q Q S S D
    « Out   Dez »
    1234567
    891011121314
    15161718192021
    22232425262728
    2930  
  • Arquivos

  • Subscrever

  • Top Posts



  • Map
  • Prémios Atribuídos

Malus sargentii

Posted by mestrebonsai em Novembro 7, 2010

Malus sargentii

Nome Comum: Macieira
Existem cerca de 35 subespecies, entre eles Malus silvestris, Malus halliana, Malus cerasifera, Malus toringoides, Malus x atrosanguinea, Malus baccata, Malus floribunda.

Esta especie floresce abundantemente e o aroma das flores e inebriante durante grande parte da Primavera. Tal favorece a polinizaçao, se o bonsai estiver no exterior, obtendo um resultado espectacular. Dezenas de pequenas maças cada uma com um diametro entre 3 a 5cm, de cor vermelha.

O Outono torna-lhe as folhas amarelas, que caem geralmente antes do Inverno. Porem, e normal as maças permanecerem firmes e seguras, caindo mais tarde.

A macieira gosta de sol, mas a terra deve permanecer humida, sem ser encharcada, principalmente durante a epoca de frutificaçao. Demasiado seca e morre desidratada, demasiado molhada e começa a apodrecer pelas raizes, sendo posteriormente infectada por fungos que a matam.

Deve-se evitar ao maximo borrifar as folhas ou ficara infectada com Mildeo. Deve ficar num local com bastante ar e evitar correntes de ar.
Prefere o exterior abrigado. As geadas e frio intenso matam os ramos mais frageis.

Deve ser fertilizada de modo constante e lento, por exemplo 5 a 10 gotas de fertilizante em todas as aguas de rega. Para-se totalmente no Inverno.

Existe alguma tendencia para se deixar todas as macas nos ramos, mas tal facto leva a arvore a exautao e ao fim de 7 a 10 anos pode estar de tal forma fraca que acaba por morrer.
Para evitar, deve-se selecionar os frutos e deixam-se apenas um maximo de 1 maça por ramo. Caso se pretenda manter todas as maças, deve-se alternar anos com e sem fruto, eliminando-se totalmente as flores que forem aparecendo.

Deve-se efectuar o transplante a cada 2 anos, sempre na Primavera vegetativa com uma mistura rica em humus, preferencialmente 25% terra barrenta (akadama) e 75% humus.

As podas devem ser feitas de modo a deixar uma a duas folhas no ramo, de preferencia na primavera, antes da frutificaçao.

Pode ser propagada pelas sementes nas maças por estratificaçao (frio e apos germinaçao em temperatura ambiente), ou entao por estacas durante o outono. Funciona melhor por alporque no inicio do Outono ou preferencialmente fim do Inverno.

As pestes mais comuns como afideos, lagartas e  alguns escaravelhos podem ser tratados de forma natural se for detectado no inicio ou com insecticidas. Os fungos devem ser tratados assim que aparecem, principalmente o mildeo e a ferrugem.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s